3 aplicativos para iPad que seu filho vai adorar

Quem tem filho pequeno sabe: iPad faz toda a diferença para distrair e divertir. E saber quais são os melhores apps para se ter no aparelho é um diferencial (principalmente naquela ida a um restaurante ou coisa do tipo). Listamos três aplicativos para você baixar e sair do combo básico Netflix ou YouTube + Galinha Pintadinha:
Basicamente você precisa cortar a corda para que o monstrinho Om Nom possa se alimentar dos doces. É um jogo premiado, prestes a bater a marca de 1 bilhão de downloads. E, de quebra, tem um canal no YouTube com historinhas do monstrinho, que a criança vai poder assistir quando estiver a fim de variar um pouco – transformando esse game em uma possível nova paixão do seu filho.

Drawing Pad

Esse aplicativo é importante porque ajuda a despertar a criatividade das crianças. Em vez de ser apenas um expectador, passivo assistindo aos desenhos e filmes, o baixinho vai poder soltar sua imaginação e fazer os rabiscos mais legais que vierem na cabeça. E dá até para salvar a imagem, mandar por e-mail ou postar no Facebook. Agora aquele desenho de criança não vai mais ser pendurado na mesa do pai ou da mãe no trabalho – ele vai ser postado no Face!
Se os games dos Minions, ou mesmo os Angry Birds Star Wars ou Lego Harry Potter são complicados para os mais novinhos, o Fruit Ninja pode ser uma saída. Ele é bem simples e divertido: as frutas começam a cair, e você precisa cortá-las passando a mão na tela do tablet. Treina os reflexos, a habilidade motora e não exige muito de compreensão da história ou coisa do tipo. Game já clássico, que vale o download.
Imagens: reprodução 

 

3 filmes da década de 90 para ver com seus filhos

Sim, esses filmes marcaram a sua infância. E agora, com filhos pequenos, sempre bate aquela sensação de como fazer com que eles tenham a mesma experiência, compartilhem das mesmas referências e conheçam as obras que marcaram a sua vida.

Separamos aqui três filmes bem legais, como sugestão, para ver com seu filho – e ajudá-lo a ter uma ideia do que os pais assistiam quando tinham a idade deles!

Uma babá quase perfeita

Uma das melhores atuações de Robin Williams, sem dúvida. É um filme divertido, para a família e quem tem um bom vínculo com as crianças. Ele saiu em 1993 – é, faz tempo! – e dá também uma boa noção aos mais novos sobre a vida de pais divorciados.

Esqueceram de mim

Obviamente. Esse não poderia faltar nem que a lista fosse de apenas um filme. Ele saiu em 1990, ou seja, a quase 30 anos. É aquela história: “uma comédia para a família, sem a família”. Atualmente, esse filme é praticamente inimaginável. Dificilmente os estúdios topariam fazer um filme hoje sobre um garoto tocando o terror nos bandidos sem os pais em casa. Um clássico!

Os Batutinhas

Esse filme é feito para crianças, com crianças. Primeiro amor, tentar pagar de bonzão para os amigos, brincadeiras na rua e muito mais que darão um gostinho do que foi nossa infância para nossos filhos. Pode não parecer, mas já bem antigo: é de 1994.

Fotos: reprodução 

Os lookinhos de North West

Você até pode gostar ou não de Kim Kardashian, mas uma coisa é fato: sua filha North West é uma fofura! Seguindo os passos da família, a pequena já arrasa desfilando por aí com seus lookinhos do dia.

Entre as peças preferidas da herdeira, que de acordo com sua mãe já escolhe as próprias roupas, estão jeans e camiseta — confortáveis e descolados. Sem contar no visual para o balé, seu passatempo favorito ❤

Já nos pés, North é fã de tênis, além de sua sapatilha de gatinhos.

A Pesh tem um modelo super parecido que fez tanto sucesso que esgotou na Dafiti e Tricae, mas que ganhará reposição em breve! Avisaremos em nosso Insta, ok?

 

Fotos: reprodução

 

Spinners: eles podem fazer mal?

Não dá para negar: os hand spinners caíram no gosto da criançada e se tornaram mania geral. Mas, será que eles podem fazer mal à saúde? De acordo com o processo de certificação do Inmetro, os brinquedos foram aprovados apenas para crianças acima dos 6 anos.

Isso porque, quando desmanchado, o objeto contém partes pequenas, que podem se soltar e ser engolidas. Para menores de 6 anos, o Instituto orienta que a brincadeira seja assistida pelos pais. Outra dica é assegurar que o spinner possua o selo do Inmetro, para saber que já passou pelos testes e está regulamentado.

Do mais é só divertir-se com um novo passatempo que foge das telas e videogames, incomum a uma geração tão tecnológica.

Foto: reprodução

Imagens de pais e filhos para inspirar

Que tal um presente super diferente para este Dia dos Pais: uma sessão de fotos com o (a) pequeno (a)? Taí uma boa ideia e que pode até ser no estilo faça-você-mesmo, com fotos impressas com cliques do celular.

Com certeza se tornará um dos presentes mais especiais de todos os tempos!

E, para inspirar, nós da Pesh separamos diversas imagens lindas que valem demais. Quer ver?

Fotos: reprodução

Pesh na mídia

Não tem coisa mais gostosa do que acompanhar a repercussão de nossa marca querida. Em menos de três meses no mercado, a Pesh já está aparecendo na mídia: seja imprensa ou nos perfis de influencers nas redes.

Saímos nesta edição da Revista Zero a Três Negócios, dedicada aos meses de julho e agosto. Por lá, a nota ressalta a estreia da Pesh durante a Francal 2017.

Além disso, a atriz Thaís Fersoza mostrou dois Peshinhos em seus stories, dizendo que a Melinda iria amar nossa sapatilha de gatinho. Já o Teodoro irá ter que esperar mais um pouquinho para usar nosso tênis de dinossauro.

Gostaram?

Fotos: reprodução

Qual item do bebê tem mais germes? Pesquisa revela

Uma pesquisa realizada pela ASecureLife.com, nos Estados Unidos, descobriu o que o pais mais temiam: os germes estão onde menos imaginamos. Para isso, os especialistas analisaram dez objetos comuns às crianças, em nove diferentes lares, e o resultado foi surpreendente: o carrinho foi o maior condutor de bactérias, de acordo com o estudo. 

Confira abaixo a quantidade de germes nos demais objetos:

1- Carrinho – 35%;
2 – Chupetas – 19%;
3 – Brinquedos de pelúcia – 12%;
4 – Mochila de fraldas – 11%;
5 – Controle remoto – 11%.

Já a temida chave do carro ficou atrás dos demais itens, com apenas 4% no ranking. De acordo com os pesquisadores, o fato dos carrinhos serem os grandes inimigos se deve, principalmente, ao fato de muitas pessoas guarda-los na garagem, que possui grande variação de temperatura e muita poeira.

Foto: reprodução